"Trava Trava" é da avó, brinca Lia Clark; Pedrowl sonha com Anitta

Lia Clark é uma das convidadas do podcast dessa semana ao lado de seu DJ e produtor musical Pedro Lima. A drag queen e cantora de funk falou sobre seu recente EP, “Clark Boom”, enquanto Pedrowl (como é conhecido nas redes sociais) comentou sobre seus projetos com Jão, o trio O’hearts (do qual faz parte ao lado de Bárbara Ohana e Adriano Cintra (ex-CSS) e Manu Gavassi. Quem participou, por telefone, foi a também cantora Pabllo Vittar, que vai lançar disco em janeiro: “Vai Passar Mal”.

img_9379Por volta de 22 minutos, a cantora de funk santista diz que odeia ter de responder sobre “de onde surgiu o Trava Trava?” (nome de seu primeiro single, hit do último Carnaval). Pedro diz que ela precisa inventar alguma história. E ela retruca: eu sempre falo que estava bêbada e surgiu na minha cabeça.

Mas, a partir de agora, vai começar a brincar: “foi a minha avó que escreveu. Ela tinha um caderno de composições e achei lá”, arrematou.

img_9388Pedrowl sonha em trabalhar com Anitta ou Ludmilla. Ele comentou que sabe que a primeira é fãzoca da faixa “Sauna”, da Banda Uó, produzida por ele. “A Lud é tão perfeita, tenho medo. Musicalmente, a voz da Lud é mais bafo. Tenho medo”, brinca.

Ele acabou de pré-produzir algumas faixas para o próximo álbum de Manu Gavassi, que ainda não foi lançada. “Essas coisas são assim. Já fiz música com a IZA, mas não sei o que vai acontecer”. Lia lembra de ouvir papos de produtor na adolescência, que dizia que trabalharia com determinado artista, mas nunca ouviu a parceria.

Lia ainda brincou de um quiz sobre gírias locais. Ela é de Santos, no Litoral de São Paulo (mesma cidade onde André Aloi nasceu e região onde Victor Albuquerque cresceu), e teve de responder sobre palavras que só existem lá.. Você sabe o que é “cará”, “camelo” e “média”? Ela responde e surpreende até o produtor… E o que é o CPE? No Canal 4, em Santos, é como ficou conhecido um local à beira-mar, chamado centro de paqueras do Embaré (nome do bairro). No Caderno de Perguntas, há questões do tipo: pular sete ondinhas ou pega sete boys no Réveillon? Eles relembram histórias de infância e adolescência…

[hr]

pabllo_vittar_nega-albumvaipassarmal_credito-foto_marlon_brambilla

Em seu primeiro disco cheio, Pabllo Vittar fez a linha Taylor Swift e escreveu uma música para o boy, chamada “Irregular”. Ainda tem participações da própria Lia, Mateus Carrilho (da Banda Uó) e Rico Dalasam em”Todo Dia”, que a gente mostra um trechinho na voz do rapper.

O álbum ainda tem algumas co-produções de Diplo (que ela chama carinhosamente de marido). Ele também mexeu numas batidas de “Nêga. A música que tem a mão dele é uma de suas preferidas. Se chama: “Então Vai”. Segundo ela, estava com a música pronta e ele resolveu dar uma mexida. Então, nem ela ouviu a versão finalizada. Pabllo ainda entregou o drink favorito de Lia: vodca + suquinho de morango. Play!

 

[hr]

Quer falar com a gente? podcast@aoscubos.com
SIGA NAS REDES SOCIAIS: iTunes.RSSFacebook, Twitter e Instagram!

Talvez você também goste...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *